Acessibilidade:

Sinalizeweb
  • SinalizeWeb14 anos
  • DivisãoCommtempla
  • EmpresaSW tecnologia.tech
  • Código deConduta
  • Entre emContato

Consultoria SEO

Consultoria SEO, documento de laudo técnico para implementalçai de correções e melhorias

Implementação SEO

Implementação SEO, um time de analistas e desenvolvedores, com foco em performance orgânica e Usabilidade

Análise de Impacto para Migração de Plataformas

Migração Assistida de Plataforma, sem perda de Tráfego Orgânico. Muito além de Redirect 301

Desenvolvimento web pautado em SEO

Desenvolvimento de sites e lojas e-commerce com premissas SEO OnPage

Está imagem representa o tema abordado pela publicação do blog da Sinalizeweb | 4 dicas para conquistar a confiança do consumidor na internet

4 dicas para conquistar a confiança do consumidor na internet

16 de Julho de 2015
Por SinalizeWeb

4 dicas para conquistar a confiança do consumidor na internet

Dia após dia, aumentam as denúncias e reclamações contra sites que causam prejuízos aos consumidores na internet. Para ajudar os internautas a se manterem distantes de problemas, a Fundação Procon de São Paulo criou um site, listando as empresas problemáticas, e que, portanto, devem ser evitadas. A “lista negra” já beira a conta de 500 links e tende a crescer, dada a facilidade de empreendedores criarem páginas para vender produtos ou serviços pela internet.

Todavia, nem sempre as queixas registradas são feitas por conta de uma ação criminosa ou intencional. Muitos transtornos são consequência do desconhecimento ou da inexperiência dos jovens empresários na hora de estruturar site, estratégia de vendas e até a logística da entrega do que oferecem.

Problemas de TI, extravio de pedidos, atendimento ruim, cadastros complicados e cobrança de taxas mal explicadas são algumas das situações que prejudicam o relacionamento com os clientes, gerando desconfiança. Muitos sites são pensados de uma maneira errada e por isso acabam prejudicando o consumidor com serviços mal formatados. Desse jeito a entrega atrasa, os pedidos não são registrados direito e o conteúdo se perde, criando uma relação de desconfiança.

Ainda assim não é preciso fazer um grande investimento para ter um site confiável. Antes de tudo, é preciso lançar mão de uma boa estratégia e organizar seu site para que tenha fácil navegabilidade, de preferência usando tecnologias que não exijam cadastro nos pedidos de cotação realizados e com acesso gratuito, se possível, ou que ofereçam “degustação”, versões para teste, etc.

Mas não é só isso. É preciso, ainda, acompanhar de perto todo o processo, de compra até a entrega final, fazendo ajustes e correções. Sem falar que, também, é preciso avaliar, por meio da mensuração de acesso e navegabilidade no site, possíveis gaps que podem estar interferindo na finalização do processo de venda.

A gratuidade e a liberdade no consumo geram confiança dos clientes no trabalho, pois reina a liberdade de escolha. A empresa só vai receber se o seu serviço realmente agradar os consumidores. Por sermos uma empresa nova, precisamos mostrar o nosso valor para o mercado. Portanto, é preciso estar muito mais atento às necessidades dos clientes para conquistá-los. Posso dizer que essa postura tem dado certo, uma vez que a taxa de aprovação dos visitantes para utilizar os serviços chega próximo a 100%.

Confira o que é possível fazer e o que não é indicado:

1. Modelo de negócios. Defina como o seu site vai ganhar dinheiro e deixe seu cliente à vontade para desistir do serviço caso ele não goste. Barreiras, taxas e condições de uso mal explicadas abrem espaço para dúvidas e geram desconfiança.

2. Simplifique o atendimento. Quanto menor a burocracia para utilizar o serviço, maior a satisfação dos consumidores. A objetividade gera confiança em um serviço transparente e direto.

3. Ofereça serviços grátis. Ter uma estrutura que permita que os usuários acessem benefícios de forma gratuita é um fator fundamental. Como este consumidor não precisará pagar por nada pela utilização do site, sua preocupação com fatores como segurança ou privacidade serão bem menores.

4. Autoanálise. Nunca deixe de ser autocrítico com seu site. Projetos online precisam estar em constante atualização, aprimorando a experiência de consumo da melhor forma possível. Este compromisso revela a preocupação da empresa em proporcionar excelentes negócios aos usuários, e não apenas a vontade de ganhar seu dinheiro.

Fonte: EcommerceBrasil

Conheça melhor o cenário de tráfego do seu site

Receba a Opinião de um de Nossos Especialistas

Calculadora de

E-commerce

Defina sua meta de faturamento e com base num ROI estimado, saiba qual é o investimento ideal em marketing de performance para a sua estratégia de negócio online.

Calculadora de Ecommerce

Assine agora nossa newsletter

Este site usa cookies apra garantir que você obtenha a malhor experiência em nosso site. Leia a Política de Privacidade