Está imagem representa o tema abordado pela publicação do blog da Sinalizeweb | 8 dicas para criar uma call to action matadora

8 dicas para criar uma call to action matadora

30 de Outubro de 2015
Por SinalizeWeb

8 dicas para criar uma call to action matadora

Quer fazer seu cliente comprar agora? Então leia as dicas que preparei para você!

Se você não abandonou esse artigo e se interessou em saber quais são as valiosas dicas que tenho para oferecer, é sinal de que a call to action acima cumpriu seu papel.

As calls to action (na tradução literal: “convites à ação”) são chamadas que instigam o cliente a fazer alguma coisa, como “assine aqui”, “compre já” ou “cadastre-se agora”.

Uma call to action eficiente precisa dizer exatamente o que você quer que o usuário faça naquele momento. Pode ser comprar um produto, assinar sua newsletter, fazer o download do seu e-book, responder uma pesquisa de satisfação, ou ainda, ler um texto, como fiz com você, no primeiro parágrafo desse artigo.

Quer saber qual é a fórmula para fazer calls to action matadoras? Confira as dicas a seguir.

1 – Não tire o foco do usuário

Se o consumidor entrar em sua loja virtual e encontrar várias chamadas, ele vai ficar confuso, sem saber o que fazer naquele momento. A chance de acabar não fazendo nada é grande. Por isso, um dos mandamentos para ter uma call to action eficiente é ter foco.

Se você precisa aumentar sua base de e-mails, por exemplo, crie uma página inicial ou dedique uma lateral do seu site para o assunto. A melhor forma de garantir que o usuário vai clicar no botão e concluir a ação é não oferecendo distrações durante o percurso.

Invista em frases claras, como: “Ganhe 10% de desconto em sua primeira compra. Assine agora nossa newsletter”.

2 – Seja claro e objetivo

Para criar uma call to action eficiente, você precisa praticar a objetividade. Não use frases longas ou palavras rebuscadas. Seja direto e mostre exatamente o que o consumidor precisa fazer. Evite os rodeios.

Se o objetivo é que ele compre o produto, coloque uma descrição sucinta e em um botão que diga “compre agora”. E não algo como “conheça melhor nossos produtos”, por exemplo.

3 – Adote uma cor diferente

Não é só o texto que faz o consumidor identificar o que ele precisa fazer. Usar diferentes cores também é uma forma eficaz de chamar a atenção para um elemento específico, especialmente se o resto do site tiver cores neutras como cinza, branco ou até azul.

Essa é uma tática de usabilidade adotada por grandes nomes do e-commerce, como a Amazon. Para diferenciar o botão comprar do resto do site que tem cores neutras, eles utilizam o laranja.

Outra forma de atrair os olhares é aumentando o tamanho do botão, caso seja necessário.

4 – Lembre-se de todas as páginas do site

Utilize chamadas em todas as páginas de seu site, não limite-as apenas a página inicial. O objetivo de cada ação pode ser diferente. Mas lembre-se de não misturar muitas coisas ao mesmo tempo.

Se você precisar colocar mais de uma call to action em uma mesma página, faça a eleição de qual será a principal. Não coloque por exemplo, um “conheça nossa página no Facebook”, no meio da página de checkout.  Ali, a call to action necessário é “finalizar pedido”. Somente esse. Deixa as redes sociais para a página seguinte.

5 – Considere a posição da chamada

Para que todo esforço atinja o melhor resultado, vale a pena levar em consideração as principais técnicas de usabilidade, como a posição que está seu botão call to action no site.

Uma aposta segura é o canto superior direito da página, ou você pode investir no centro, quando não houver outras informações.

6 – Faça teste A/B

Você pode fazer mais de uma chamada, incluindo diferentes cores de botão e aplicar um teste A/B para saber qual opção traz mais conversões. Teste, também, palavras, posições, fontes, tamanhos. Enfim, todos os elementos “testáveis” devem entrar na dança.

7 – Diga como eles devem fazer

Vá além, não diga apenas o que os usuários devem fazer, mas informe também como eles podem fazer, especialmente se não estiver claro aparentemente. 

Por exemplo: “ insira seu e-mail para receber nossa newsletter diária” é mais explicativo do que “assine nossa newsletter”.

Pode parecer óbvio, mas você deve se lembrar que nem todo visitante está acostumado com os termos e condições de um comércio eletrônico. E é com esses novatos, também, que você quer falar.

8 – Coloque palavras de urgência

Crie sempre chamadas usando verbos de ação, por exemplo, “clique”, “faça”, “assine”, “compre”. Além de utilizar, também, advérbios que geram senso de urgência  como “já”, “agora”, “imediatamente”. Eles despertam no usuário a necessidade de agir naquele instante.

Pronto para criar calls to actions mais eficientes? Então mão às obra já!

Fonte: EcommerceBrasil

Conheça melhor o cenário de tráfego do seu site

Receba a Opinião de um de Nossos Especialistas

Só mais algumas informações

Agende sua Consulta Técnica

Um de nossos Especialistas irá lhe retornar.

Política de Privacidade

Calculadora de

E-commerce

Defina sua meta de faturamento e com base num ROI estimado, saiba qual é o investimento ideal em marketing de performance para a sua estratégia de negócio online.

Assine agora nossa newsletter

Este site usa cookies apra garantir que você obtenha a malhor experiência em nosso site. Leia a Política de Privacidade