Acessibilidade:
Login

  • SinalizeWeb14 anos
  • DivisãoCommtempla
  • EmpresaSW tecnologia.tech
  • Código deConduta
  • Entre emContato

Consultoria SEO

Consultoria SEO, documento de laudo técnico para implementalçai de correções e melhorias

Implementação SEO

Implementação SEO, um time de analistas e desenvolvedores, com foco em performance orgânica e Usabilidade

Análise de Impacto para Migração de Plataformas

Migração Assistida de Plataforma, sem perda de Tráfego Orgânico. Muito além de Redirect 301

Desenvolvimento web pautado em SEO

Desenvolvimento de sites e lojas e-commerce com premissas SEO OnPage

Está imagem representa o tema abordado pela publicação do blog da Sinalizeweb | Como malwares prejudicam minha loja virtual?

Como malwares prejudicam minha loja virtual?

04 de Agosto de 2015
Por SinalizeWeb

Como malwares prejudicam minha loja virtual?

Vimos ao longo da série de artigos sobre segurança diversos cuidados e precauções que devem ser tomadas no seu site, além de entender melhor as ameaças que circulam na internet. Nesse último artigo da série, vamos falar sobre malwares, como eles podem afetar, o que podem fazer dentro da sua loja virtual, e seus diferentes tipos de ataque.

O que é um malware, afinal? Qualquer software que causa mal a um computador, software ou arquivos de dados. São códigos maliciosos programados especificamente para realizar ações danosas e maliciosas dentro de um computador. O malware atrapalha o desempenho de um computador, rouba as informações e usa-o remotamente sem autorização. Só existe um malware que faz isso? Não. Existem alguns tipos e vamos explicar um pouco sobre cada um deles.

Vírus: É o mais conhecido, muitas pessoas generalizam qualquer tipo de malware como vírus, mas existem muitas variações. Por exemplo, o vírus propriamente dito só consegue se propagar quando é executado, se copiando em outros arquivos e programas. Geralmente, é propagado por e-mail ou dispositivos removíveis, como um pen drive. No mesmo momento que você abre um e-mail ou um pen drive que está contaminado, o vírus começa a se propagar.

Worms: Diferente do vírus, não precisa ser executado para se propagar, envia cópias de si mesmo para outros computadores e arquivos. Não se camufla entre arquivos, é mais perigoso do que o vírus.

Spyware: É como um espião dentro do seu computador, a princípio foi criado com intuito publicitário, enviando informações do tipo especifico de propaganda para cada perfil. São os denominados adwares, já os keyloggers tem como intuito captar as teclas digitadas para o roubo de informações.

Rootkit: Tem a capacidade de se esconder dos mecanismos de segurança do computador, usa um conjunto de técnicas que se camuflam e também esconde códigos maliciosos.

Bot e Botnet: Esse tipo de malware permite que o computador seja controlado remotamente, explora qualquer vulnerabilidade existente em programas já instalados. Esse tipo de malware pode fazer que o computador seja agente de ataque DDOS ou para envio de SPAM.

Backdoor: Por meio de um programa que permite o retorno de um invasor, através de serviços criados e modificados por ele, permitindo, portanto o uso remoto.

Mas, como isso me prejudica sendo dono de uma loja virtual?

Malware leva uma loja virtual para a blacklist!
Ter um malware no seu site é pior do que você pode imaginar, muito pior do que o site apenas ficar fora do ar é ele ficar na lista negra dos buscadores. Caso seu site tenha um malware e um cliente for acessá-lo, uma mensagem como “essa página foi avaliada com foco de ataques” ou “tem certeza que deseja continuar? ” aparecerá, em pouco tempo essa mensagem pode acabar com toda a sua credibilidade e com 95% do seu tráfego. Com certeza você não quer cair na lista negra dos buscadores e nem espalhar malwares para os seus clientes.

Malware pode alterar boletos bancários
O malware encontrado em algumas lojas virtuais modifica a linha digitavel dos boletos bancários gerados em sites, isso faz o pagamento ser redirecionado para o cibercriminoso. O valor e a data de vencimento são os mesmos, mas você perde o faturamento e ainda põe em risco os dados dos clientes.

Com certeza você aprendeu mais sobre segurança para a sua loja virtual durante nossa trilha de artigos, caso não tenha lido os artigos anteriores, confira aqui. A próxima série que vamos fazer para você são 7 dicas para melhorar o seu e-commerce.

Fonte: EcommerceBrasil

Conheça melhor o cenário de tráfego do seu site

Receba a Opinião de um de Nossos Especialistas

Só mais algumas informações

Calculadora de

E-commerce

Defina sua meta de faturamento e com base num ROI estimado, saiba qual é o investimento ideal em marketing de performance para a sua estratégia de negócio online.

Assine agora nossa newsletter

Este site usa cookies apra garantir que você obtenha a malhor experiência em nosso site. Leia a Política de Privacidade