Acessibilidade:
Login

  • SinalizeWeb14 anos
  • DivisãoCommtempla
  • EmpresaSW tecnologia.tech
  • Código deConduta
  • Entre emContato

Consumidores reagem de forma diferente ao Facebook ads durante o Natal

05 de Outubro de 2015
Por admin

Consumidores reagem de forma diferente ao Facebook ads durante o Natal

Enquanto a quinta-feira representa o pico de vendas para os anunciantes no Facebook durante todo o ano, o sábado e domingo dominam durante os meses de novembro e dezembro, mostra um novo estudo da Nanigans.

O estudo mostra que os consumidores respondem de forma diferente aos anúncios do Facebook durante as festas. A mudança de dias mais cheios de compra da quinta-feira para o sábado e o domingo também reflete diferenças de quais varejistas os consumidores estão comprando, diz Andrew Waber, gerente de market insights e media relations da Nanigans.

Durante a maior parte do tempo, os consumidores estão comprando para eles mesmos, enquanto que eles estão mais propensos a comprar presentes para a família e amigos durante as festas. E isso muda a forma como eles compram, diz Waber. Quando um consumidor compra para ele mesmo, ele está mais propenso a comprar por impulso que quando está procurando comprar aquele brinquedo específico para seu sobrinho.

“Comprar presentes leva você a ficar mais envolvido com a compra, o que pode envolver comparação de preços ou pesquisas de produto”, diz Waber. “Esses tipos de comportamento dos consumidores são mais prováveis de acontecer no final de semana”.

Essa mudança no comportamento do consumidor representa uma oportunidade para varejistas que querem reestruturar seus investimentos e budgets para serem mais presentes nos finais de semana, explica.

Além disso, os consumidores estão mais propensos a clicar nos anúncios do Facebook e comprar em dispositivos móveis, durante as festas. No natal passado, o share do mobile em compras de e-commerce cresceu de 140% para 36% do total de vendas comparadas com o resto do ano. As mudanças não significaram perdas para os varejistas. O mobile teve um aumento de 15% em seus gastos com anúncios de Janeiro a Outubro. De novembro a dezembro eles aumentaram o share do mobile de 33%.

Mesmo assim, os varejistas não estão abandonando os anúncios de Facebook para desktop, que continuam a produzir resultados fortes, diz Waber. Por exemplo, as taxas de compra no desktop cresceram 233% entre os homens no ano passado e 182% entre mulheres. Comparando as taxas de compra mobile, houve um ganho de 117% entre homens e 64% entre mulheres.

E enquanto a Nanigans mostrou que os anúncios no Facebook estão ficando mais caros, eles também estão dando resultados muito bons. Por exemplo, o custo por cem impressões, ou CPM, no desktop para alcançar consumidores do sexo masculino foi de $3,44 no último período de festas, um aumento de 124,8%, este ano. Para as consumidoras do sexo feminino o CPM foi de $4,03, um aumento de 235%. O Facebook reduziu o número de anúncios que aparecem para os usuários dos novos feeds do desktop, e que são responsáveis por uma parte do crescimento. Mesmo assim, o impulsionamento dramático em taxas de compra estão ajudando a compensar os custos.

“Preços de anúncio podem continuar aumentando”, diz. “Mas os anúncios do Facebook ainda estão valendo o investimento”.

Fonte: EcommerceBrasil

Conheça melhor o cenário de tráfego do seu site

Receba a Opinião de um de Nossos Especialistas

Só mais algumas informações

Agende sua Consulta Técnica

Um de nossos Especialistas irá lhe retornar.

Política de Privacidade

Calculadora de

E-commerce

Defina sua meta de faturamento e com base num ROI estimado, saiba qual é o investimento ideal em marketing de performance para a sua estratégia de negócio online.

Assine agora nossa newsletter

Este site usa cookies apra garantir que você obtenha a malhor experiência em nosso site. Leia a Política de Privacidade