Acessibilidade:
Login

  • SinalizeWeb14 anos
  • DivisãoCommtempla
  • EmpresaSW tecnologia.tech
  • Código deConduta
  • Entre emContato

Consultoria SEO

Consultoria SEO, documento de laudo técnico para implementalçai de correções e melhorias

Implementação SEO

Implementação SEO, um time de analistas e desenvolvedores, com foco em performance orgânica e Usabilidade

Análise de Impacto para Migração de Plataformas

Migração Assistida de Plataforma, sem perda de Tráfego Orgânico. Muito além de Redirect 301

Desenvolvimento web pautado em SEO

Desenvolvimento de sites e lojas e-commerce com premissas SEO OnPage

Core Web Vitals

Core Web Vitals e as mudanças no SEO

07 de Maio de 2021
Por SinalizeWeb

Está sabendo da novidade? O Core Web Vitals já é relativamente conhecido de quem trabalha com criação de sites e otimização de SEO, mas a partir de agosto de 2021, eles serão ainda mais importantes para quem deseja ranquear bem nos buscadores. 

Vamos falar um pouco mais em detalhes de cada um dos Core Web Vitals neste artigo. Mas de antemão, podemos adiantar um ponto fundamental: todos eles estão relacionados à experiência de usuário, ainda mais no mobile.

O que são os Core Web Vitals?

Basicamente, os Core Web Vitals são uma série de métricas e análises feitas pelo próprio Google para determinar a experiência de usuário a partir do momento que ele acessa um URL. 

E a primeira coisa importante a se notar nos elementos que vamos falar a seguir é: além da velocidade de carregamento, esses parâmetros estão relacionados a URL específicas, e não necessariamente a toda página.

Seguindo essa nova configuração, os parâmetros de relevância para um bom SEO técnico serão os seguintes:

  • LCP;
  • FID;
  • CLS;
  • ser amigável a Mobile;
  • navegação segura;
  • HTTPS;
  • sem elementos externos invasivos.

Além de, claro, um conteúdo bem construído. Os três primeiros tópicos (LCP, FID e CLS) são os nossos Core Web Vitals. 

O impacto dessas mudanças é tão expressivo, que quem trabalha com o Google Search Console já pode acompanhá-las: recentemente, foi adicionada a seção “Experiência na página”, em que a ferramenta analisa os URLs e identifica os problemas relacionados aos CWV.

Vamos entender como cada um deles funciona. 

LCP (Largest Contentful Paint)

Basicamente, o LCP calcula quanto tempo leva para o usuário conseguir interagir com o principal elemento de uma página. E o que seria esse primeiro elemento? Pode ser a imagem de destaque de um post, como é o caso de um produto no e-commerce, por exemplo, ou elementos textuais. O que vier depois disso não conta.

Essa métrica está relacionada principalmente com o tempo que o usuário leva para começar a usar sua página. Ele é importante principalmente para identificar os principais elementos da página em tamanho, e torná-los mais compactos para não prejudicar o carregamento de páginas. 

FID (First Input Delay)

Similar ao LCP, o FID calcula o tempo que o usuário leva para ter a primeira interação com a página carregada. Também chamado de “latência de carregamento”, esta métrica é fundamentada nas respostas que o site oferece quando o usuário interage com ele. 

Isso pode ser tanto de quem vem do Google ou de uma fonte externa para o seu site, como nas interações realizadas por linkbuilding interno. Para facilitar o entendimento e as buscas que os donos de site devem ter é o quão responsivo seu site está quando carrega todos os elementos.

CLS (Cumulative Layout Shift)

Por fim, o CLS é uma medida mais abstrata, relacionada às mudanças que os elementos carregados na página mudam na experiência para o usuário. Botões, fontes de texto, imagens, vídeos, ou mesmo formulários são alguns exemplos de elementos que ao carregar na página, mudam a experiência do usuário.

Assim como os outros Core Web Vitals, você precisa minimizar o CLS ao mínimo possível, para que o carregamento da página não atrapalhe a visualização do usuário durante o carregamento da página.

A importância dos Core Web Vitals

Essa mudança expressiva nos meios de análise de páginas do Google tem um motivo bem consolidado, e não é de hoje, na verdade. Faz uns bons anos que boa parte do tráfego gerado na internet tem sua origem no mobile, e cada vez mais o algoritmo dele e de outras redes do tipo é voltado para a modalidade. 

Em um estudo divulgado pelo próprio Google, um usuário retém sua atenção em uma página por no máximo 8 segundos, mudando logo em seguida caso o conteúdo ou os elementos da página não sejam atrativos.

Menos de 8 segundos. Este é o tempo necessário para que o engajamento de uma página via mobile seja bem sucedido. É com isso em mente que as páginas precisam se preocupar bastante ao pensar nos Core Web Vitals. 

Investindo com segurança

Os CWV serão uma base mais sólida no Google com o passar do tempo. E junto ao conteúdo e a experiência de usuário de uma forma geral, esta é uma questão de SEO técnico muito específica, que demanda tempo, entendimento e atualizações constantes, especialmente se você possui um site com um sitemap extenso em URLs.

Para potencializar sua página com as mudanças que começarão a ser implementadas a partir de Julho, e seguem até Agosto de 2021, você pode contar com uma empresa que entende do assunto, e encontrar soluções práticas para ela.

A SinalizeWeb possui mais de 15 anos de experiência com soluções web, e traz diversos cases de plataformas bem sucedidas em otimizações de SEO. Confira alguns de nossos melhores exemplos, e se antecipe quanto às novidades do Core Web Vitals.

Conheça melhor o cenário de tráfego do seu site

Receba a Opinião de um de Nossos Especialistas

Só mais algumas informações

Calculadora de

E-commerce

Defina sua meta de faturamento e com base num ROI estimado, saiba qual é o investimento ideal em marketing de performance para a sua estratégia de negócio online.

Assine agora nossa newsletter

Este site usa cookies apra garantir que você obtenha a malhor experiência em nosso site. Leia a Política de Privacidade